Filha de Dorcelina Maria de Jesus e Natalino Vicente Tenente da Silva. Nasceu no dia 26/09/1949 na cidade de Mutum – Minas Gerais. Aos nove anos foi batizada na 1ª Igreja Batista de Dourados, com esta idade a Missionária Constança teve convicção do chamado de Deus para sua vida. Órfã de pai e mãe foi criada por uma família tradicional e estudou no Instituto Teológico “Ana Wollerman” em regime de internato. Em 1976 terminou sua formação, realizou várias ministrações no Campo missionário na Igreja de Caarapó, Itaporã, Ivinhema e em Dourados. Desde criança a missionária Constança conta que teve muitas experiências com Deus, a primeira delas foi a cura de um senhor que estava com uma ferida incurável na perna, a fé em Deus na sua oração resultou num grande milagre que marcou sua vida.
Ainda na juventude casou-se e teve quatro filhos: Cláudia, Claudiceia, Lucyene e Fernando. Receberam um convite para conhecer Alta Floresta e dentro de quinze dias já estavam aqui. Seu filho caçula com apenas nove meses foi picado por um inseto e teve que ser internado às pressas no hospital, os médicos desenganaram a sobrevivência do bebê e pediram para levar para casa, porque eles não tinham outra resposta além da morte. A missionária Constança tinha a certeza de que Deus iria curar seu filho e não duvidou do milagre. Com a providencia de Deus foram para Campo Grande onde seu bebe ficou internado por 6 meses, recebendo o tratamento adequado. Na angustia de ver o filho entre a vida e a morte, a missionária Constança fez um voto com o Senhor: “Se Deus curar meu filho, eu irei dedicar mais tempo do meu dia para a obra Dele e ao chamado Dele em minha vida.” Contou. Nestes seis meses, a fé em Deus se manteve viva, e, em nenhum momento questionou ou duvidou do poder de Deus.
Para honra e glória do Senhor, sua oração foi atendida. Deus curou seu filho Fernando sem nenhuma seqüela da doença.
Retornou para Alta Floresta com o filho curado e trabalhava como cozinheira. Após alguns anos seu esposo faleceu e ficou viúva com quatro filhos para criar. Mas Deus com sua infinita misericórdia não desamparou e sustentou e cuidou de sua família.  A missionária congregava na Igreja “Jesus te Chama”, em 1994 recebeu um convite para participar da primeira reunião na casa do irmão Angelo Quixabeira onde iniciou a Igreja Batista Nacional na direção da missionária Jeane. A Igreja foi crescendo e dois anos depois o Pastor Amarildo Barbosa Marques assumiu o pastoreio da igreja. 
Alguns anos se passaram e então o Pastor Amarildo consagrou a missionária Constança para trabalhar no Ministério Tarde da Benção. Através deste ministério e com a visitação nas casas a missionária Constança tornou-se popular na cidade, trazendo assim muitas pessoas à casa de Deus que se converteram e até hoje estão aqui.
Seu talento ousado na área de libertação e cura, tendo uma vida totalmente consagrada ao Senhor, com muitas orações, jejum e propósitos tem exaltado e glorificado o nome do Senhor Jesus, pois sem Ele nada somos e todo o poder vem através Dele e por Ele.
Este ano o Ministério Tarde da Benção completará 22 anos de muitos milagres, são inúmeros os testemunhos de pessoas que receberam uma cura, libertação, ou até mesmo uma resposta de Deus em suas vidas. Há aqueles que quando recebem a cura, muitas vezes não toma posse do milagre e não aceita ter um compromisso com Deus, voltando ao estado inicial, tendo uma vida de altos e baixos. Mas o desejo de Deus é restituir, curar, libertar, abundar a vida financeira e restaurar famílias desde que tenhamos obediência à palavra de Deus.
 Uma vida repleta de bênçãos e vitórias, com gratidão ao Senhor, a missionária Constança nos deixa uma mensagem para edificar nossas vidas.